Provet - Medicina Veterinária Diagnóstica

Instruções para Exames


Qual especialidade você procura?

 

Anatomia Patológica



Um serviço essencial para garantir a veracidade do diagnóstico e assim determinar o mais preciso tratamento para cada paciente. Esse é o grande diferencial do serviço de anatomia patológica do Provet.

A anatomia patológica do Provet atua integrado com todas as outras especialidades médicas, realizando exames citológicos, histopatológicos (biópsias), que são fundamentais para o diagnóstico; estabelecimento do prognóstico e definição da terapêutica no tratamento de neoplasias e/ou inflamações, sempre com presteza, eficiência, qualidade e precisão diagnóstica.

Citologia O exame citológico tem como finalidade a classificação das lesões, auxiliando no diagnóstico e no estabelecimento do prognóstico e tratamento da enfermidade.

Enfatiza-se a diferenciação entre processos inflamatórios, hiperplasias e neoplasias.

Dentre as principais vantagens do exame citológico são citadas com maior frequência a rapidez e simplicidade da técnica, pois a mesma não envolve equipamentos sofisticados.

O exame citológico é uma excelente ferramenta diagnóstica, contudo não exclui a utilização do exame histopatológico. Ambas as técnicas devem ser utilizadas, sempre que possível em conjunto, complementando uma a outra.

Patologia cirúrgica/ histopatológico Envolve o exame macroscópico e microscópico de tecidos e órgãos para o diagnóstico das doenças.

Está dividido em etapas. A primeira é a análise macroscópica que permite escolher as áreas mais adequadas para serem representadas na confecção dos blocos de parafina. O fragmento de tecido incluído no bloco de parafina está pronto para ser submetido a cortes finos o suficiente para que se tornem translúcidos a luz do microscópio permitindo assim a visualização das células.

Como o tecido não tem cor é necessário o uso de corantes para colorir diferentemente o núcleo e o citoplasma das células. Após a coloração é possível identificar-se ao microscópio tecidos normais e diferenciá-los dos tecidos doentes ou com tumor.

Dermatopatologia Consiste na análise microscópica das lesões, alterações cutâneas e seus anexos provenientes de biópsia incisional e excisional, para o diagnóstico de doenças imunomediadas, neoplasias, inflamações, agentes infecciosos, entre outros.

Histopatologia Ocular A patologia ocular refere-se ao exame anatomopatológico do globo ocular, bem como todas as suas estruturas, incluindo córnea, íris, humor aquoso, cristalino, músculo ciliar, corpo vítreo, esclerótica, coróide, retina, fóvea central, nervo óptico e músculos externos. Por se tratar de uma área específica conta com um profissional especializado em distúrbios oculares, sejam eles neoplásicos ou não.

Anatomopatologia para fins de pesquisa Serviço de consultoria que visa auxiliar o pesquisador em seu projeto de pesquisa, do inicio da elaboração, como a realização do exame necroscópico, histopatológico, imuno-histoquímico, interpretação e fotodocumentação, quando necessário.

Imuno-histoquímica O exame imuno-histoquímico consiste na reação antígeno-anticorpo para detecção de marcadores de células neoplásicas, identificação de tecidos ou resposta a determinados tratamentos. Permite a avaliação de índices de proliferação ou morte celular (apoptose), como a marcação de receptores hormonais, entre outros. Ihq é também amplamente utilizada na pesquisa básica para compreender a distribuição e localização de biomarcadores e proteínas diferentemente expressas em diferentes partes de um tecido biológico. O método é realizado no bloco de parafina que contém o tecido ou neoplasia a ser avaliada.

A célula neoplásica tende a copiar a célula normal, porém, às vezes ela é tão indiferenciada que não permite seu reconhecimento ao microscópio. O exame imuno-histoquímico auxilia subtipar e classificar os tumores para melhor orientação terapêutica e prognóstica do animal.

Necropsia convencional e cosmética com fotodocumentação A necropsia (necros= morto + scopion= observar) ou autopsia (auto= si próprio) visa analisar as alterações orgânicas após a morte.

Tem como objetivo determinar a causa mortis, moléstia principal e outras moléstias intercorrentes.

Todas as necropsias realizadas no provet contam com avaliação macroscópica e microscópica, juntamente com laudo fotográfico das lesões.

No caso da necropsia cosmética é realizada a preservação do corpo, nesses casos se faz o mínimo de incisões que posteriormente são suturadas e o corpo devolvido para o proprietário.

São realizadas necropsia de animais domésticos (cão e gato), silvestres e aves.

Unidades

  • Aratãs

    Av. Aratãs, 1009
    Moema – São Paulo
    CEP: 04081-004
    Seg a Sex – 7h às 21h
    Sáb – 7h às 17h
    55 (11) 4210 7200
  • Jardim Anália Franco

    R. Francisco Zicardi, 16
    Jardim Anália Franco – São Paulo
    CEP: 03335-090
    Seg a Sex – 8h às 17h
    Sáb – 7h30 às 15h
    55 (11) 4210 7200
  • Divino Salvador

    Av. Divino Salvador, 774
    Moema – São Paulo
    CEP.: 04078-012
    Seg a Sáb – 9h às 19h 55 (11) 5051 0306
  • Morumbi

    Av. Giovanni Gronchi, 2080
    Morumbi – São Paulo
    CEP: 05724-002
    Seg a Sex – 8h às 17h
    Sáb – 7h30 às 15h
    55 (11) 4210 7200

Parceiros